Segunda, 21 de Junho de 2021
67998539514
Gestão & Economia Pandemia

MS sai na frente no plano de retomada da economia e comerciantes voltam a planejar seus negócios

Encontro com os empresários será realizado na sede da Fiems

17/05/2021 13h09
Por: Redação
MS sai na frente no plano de retomada da economia e comerciantes voltam a planejar seus negócios

O presidente da Faems (Federação das Associações Empresariais de MS), Alfredo Zamlutti, aposta no diálogo e no planejamento para a retomada mais assertiva da economia afetada pela pandemia. A instituição e demais entidades representativas de segmentos prejudicados de Mato Grosso do Sul convidaram o secretário de Infraestrutura do Governo do Estado, Eduardo Riedel, para encontrar soluções viáveis e possíveis para apoio do setor produtivo.

O encontro com os empresários será realizado na sede da Fiems (Federação das Indústrias de MS), na próxima segunda-feira (17), às 19 horas, na Casa da Indústria. Também participarão do encontro o presidente da Fecomércio, Edison Araújo; da Faems, Alfredo Zamlutti; da Abrasel, Juliano Wertheimer; o superintendente do Sebrae/MS, Cláudio Mendonça e o secretário da Semagro, Jaime Verruck.

“A pandemia mudou o mundo, a economia mundial e mudou o modo dos empresários dirigirem suas empresas. Mas temos que parar de nos lamentar e precisamos nos adaptar a esta nova situação. Precisamos de uma política única para voltar a crescer. Teremos que ter uma nova fórmula de crescimento”, acrescentou Zamlutti.

Segundo o representante, neste sentido, o Estado de Mato Grosso do Sul está à frente das demais federações, primeiro pelas medidas já adotadas pelo Governo do Estado, depois pelo diálogo entre o setor produtivo e o poder público. “Em MS, estamos na frente com o trabalho do Governo do Estado, e com a atuação do secretário Riedel, que por exemplo decidiu pela prorrogação do ICMS para bares e restaurantes por três meses. Aproveito ainda para parabenizar a todos pela ideia da reunião”.

Para Riedel, o encontro vai proporcionar uma clareza de cenário em relação à retomada econômica. “A realidade de um prestador de serviço, como um salão de beleza, não é a mesma de um restaurante e nem de um vendedor de roupa e por aí vai. Por isso, tenho dialogado com vários empresários para sentir suas dores e juntos encontramos as alternativas mais viáveis de retomada. A reunião que será realizada na Fiems tem este foco, sentar à mesa e ter uma conversa direta. O Estado não pode fazer tudo, mas vai fazer tudo o que pode e, juntos, vamos sair desta”.

Realidade de quem luta para sobreviver

A cabeleireira Vanusa Salamene, de 42 anos, tem um salão há mais de 20 anos e nunca viveu um momento assim. “Estamos há mais de um ano e meio em situação bem complicada. Perdi funcionários, os clientes, por mais que a gente tome todas as medidas de segurança, não vêm porque têm medo. Tivemos ainda o lockdown”.

Vanusa ainda ressalta que mesmo diante das dificuldades as expectativas são boas. “Espero que o governo possa ajudar a diminuir os prejuízos que tivemos por causa da pandemia. A gente acredita que vamos sair dessa”.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 20h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (22/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quarta (23/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias