Sábado, 21 de Maio de 2022
6799997-8129
Tecnologia Projeto inédido

SUS: projeto inovador de realidade virtual vai humanizar o serviço de vacinação

Aquidauana terá projeto inédito de realidade virtual para humanizar a vacinação no SUS

24/01/2022 13h40
Por: Redação Fonte: Redação/Reprodução
Luiz Fernando Borges é empreendedor e apaixonado por inovação
Luiz Fernando Borges é empreendedor e apaixonado por inovação

Um marco de tecnologia e inovação em Mato Grosso do Sul. Hoje, 24, a cidade de Aquidauana começa a vivenciar uma experiência inédita no Sistema Único de Saúde (SUS), através da vacinação infantil aliada ao projeto-piloto para uso de realidade virtual no ato da vacinação das crianças, sobretudo, neste momento de imunização contra a Covid-19.

A ideia desse projeto-piloto é, nada mais nada menos do que, do jovem cientista aquidauanense e sul-mato-grossense Luiz Fernando da Silva Borges, 23 anos,  que continua pesquisando como a ciência e a tecnologia podem auxiliar os cidadãos na saúde e na melhoria da qualidade de vida.

Luiz Fernando Borges apresentou ao prefeito Odilon Ribeiro o referido projeto-piloto, explanando sobre como funcionará, quais os benefícios, custos e os resultados dessa experiência para as crianças e para a saúde municipal.

Participaram da reunião de apresentação, os vereadores Anderson Meireles e Sargento Cruz, os secretários municipais Cláudia Souza (Saúde), Ernandes Peixoto (Finanças), Marluce Garcia (Administração), Youssef Saliba (Cultura e Turismo), Rosy Ribeiro (Agecom), a diretora executiva do gabinete – Selma Suleiman e o chefe do Departamento de Informática da prefeitura, Ricardo Valério.

Na prática, o uso de tecnologia de ponta no dia a dia da vacinação no SUS, nos postos de saúde, será através do uso de óculos de realidade virtual no ato da vacina da criança, imergindo a criança em um mundo de personagem, lúdico, fazendo com que ela não perceba a agulhada. 

“É muito importante você aliar essas tecnologias disponíveis na saúde, para diminuir o estresse na hora da vacina, quebrando essa barreira que muitas crianças têm, além de gerar uma experiência lúdica, legal e divertida, capaz de fazer com que as próprias crianças possam convidar as outras, de forma espontânea, para vivenciarem essa experiência na vacinação”, detalhou Luiz Fernando.

De acordo com o pesquisador, dentre os objetivos do projeto-piloto estão: oportunizar através da realidade virtual a humanização na vacinação, reduzindo a dor, ansiedade, medo e estresse na criança;  e aumentar o engajamento na vacinação pelo interesse das crianças em participarem da experiência virtual.

Por sua vez, o prefeito Odilon Ribeiro, aprovando a iniciativa do projeto, parabenizou ao jovem pesquisador e afirmou que “será de grande valia para a saúde municipal, poder oportunizar essa experiência para as crianças, principalmente, para aliviar a tensão e medo na hora da vacina”.

“Estamos honrados e felizes em conhecer de perto esse projeto do nosso jovem aquidauanense e pesquisador Luiz Fernando. Acredito no potencial desse projeto para rede pública de saúde e queremos que as nossas unidades possam oportunizar essa experiência e benefício para as crianças. Parabéns Luiz Fernando por essa brilhante iniciativa, ainda mais em um momento como esse, em que a vacinação infantil está em pauta e é prioridade”, ressaltou o prefeito Odilon Ribeiro.

O projeto-piloto é inédito na rede pública de saúde, conforme explicou o pesquisador. “Até onde eu tenho conhecimento, essa experiência de realidade virtual na vacinação infantil é inédita no SUS. A cidade de Aquidauana será a primeira de MS, até mesmo do Brasil, a empregar essa tecnologia de ponta na hora da vacinação”, afirmou o pesquisador Luiz Fernando S. Borges.

Para a implantação do projeto-piloto, o pesquisador Luiz Fernando S. Borges ganhou 02 óculos de realidade virtual que cederá à Prefeitura de Aquidauana para uso e, ainda, conta com a parceria institucional da empresa MASSFAR Realidade Aumentada e Virtual, que cedeu por 06 meses a licença do software para uso nas ESFs de Aquidauana. 

Questionado sobre a escolha de Aquidauana para a implantação do projeto, Luiz Fernando S. Borges confidenciou que ele escolheu Aquidauana por ser a cidade onde ele tem as melhores memórias e para ajudar a saúde da sua cidade natal. 

“Eu escolhi Aquidauana porque é a minha cidade, é a minha casa, é onde eu tenho as minhas melhores memórias. Nada melhor do que fazer isso em Aquidauana, ajudando a cumprir o meu próprio objetivo de vida, que é aliviar o sofrimento humano por meio do uso da tecnologia”, disse Luiz Fernando.

Para a implantação do projeto-piloto na rede pública em Aquidauana, Luiz Fernando conta com a aprovação do prefeito Odilon Ribeiro e da secretária municipal de Saúde, Cláudia Souza. Inicialmente, as primeiras unidades a receberem os óculos de realidade virtual e o software para uso serão os postos de saúde da Santa Terezinha (ESF José Vória) e da Estevão (ESF João André Madsem). Depois, o projeto se expandirá às demais ESFs do município.

Amanhã, 25, Luiz Fernando fará uma apresentação do projeto às equipes de vacinação dos postos de saúde de Aquidauana, mostrando como os profissionais poderão utilizar o software e os óculos. 

Por fim, o jovem pesquisador afirmou que a vacinação infantil é primordial para salvar vidas. “A vacinação infantil contra a Covid-19 é importante, porque essa doença mata e, inclusive, mata crianças”, finalizou o jovem cientista Luiz Fernando.

BREVE HISTÓRICO DE INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO

Luiz Fernando da Silva Borges é natural de Aquidauana, é ex-aluno da Escola Municipal Erso Gomes e do IFMS Campus de Aquidauana, é graduando em Engenharia da Computação no Inteli – Instituto de Tecnologia e Liderança, em São Paulo. 

Durante o ensino médio desenvolveu pesquisas e tecnologias na área de engenharia biomédica com: modelagem estatística de processos termodinâmicos para amplificação de DNA; controle contínuo de juntas para próteses robóticas de membro superior com feedback tátil e interfaces cérebro-computador e cérebro máquina de loop fechado para a comunicação com pessoas inicialmente classificadas em estado vegetativo e coma, bem como reabilitação de membros paralisados. 

Laureado com mais de 60 prêmios como resultado de suas participações em feiras de ciências e engenharia nacionais e internacionais, sendo o primeiro e único brasileiro a receber os prêmios de 1º lugar e melhor da categoria, em Engenharia Biomédica, na maior feira de ciências e engenharia do mundo: a Intel International Science and Engineering Fair (Intel ISEF). 

Além disso, recebeu também o prêmio concedido pelo MIT Lincoln Laboratory, por meio do programa Ceres Connection, tendo seu nome submetido para a International Astronomical Union (IAU), que nomeou o asteroide (33503) Dasilvaborges, em sua homenagem. Co-fundou a Hermes Braindeck e a Leventronic. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Campo Grande - MS
Atualizado às 15h17 - Fonte: Climatempo
23°
Alguma nebulosidade

Mín. 12° Máx. 23°

23° Sensação
11 km/h Vento
33% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (22/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 11° Máx. 25°

Sol
Segunda (23/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias