Segunda, 29 de Novembro de 2021
6730447121
Especiais Meio ambiente

No dia do Pantanal, Sistema Famasul destaca papel do produtor rural no desenvolvimento sustentável do bioma

“Em mais de 200 anos de convivência harmoniosa entre o homem e meio ambiente, temos 87,5% da vegetação nativa preservada, sendo 90% de áreas privadas”, destaca presidente Marcelo Bertoni

12/11/2021 16h51
Por: Redação
No dia do Pantanal, Sistema Famasul destaca papel do produtor rural no desenvolvimento sustentável do bioma

É no Pantanal onde a vida se renova a cada estação. A natureza demonstra toda a sua capacidade de transformação. E mais do que belezas, o bioma abriga importantes conceitos sustentáveis, econômicos e ambientais. A maior planície alagável do mundo se estende por 15 milhões de hectares, sendo 64% da área localizada em Mato Grosso do Sul.

“Produção e meio ambiente são realidade no bioma mais preservado do Brasil, onde o produtor rural atua harmoniosamente, de forma responsável e sustentável”, destaca o presidente do Sistema Famasul, Marcelo Bertoni. 

A pesquisa e a ciência evidenciam essas informações.  Segundo levantamento do Índice Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) feito ano passado, em Mato Grosso do Sul, o bioma ocupa uma área de aproximadamente 9,73 milhões de hectares, correspondendo a 27% do território total. Com uma ocupação humana secular, as áreas privadas representam aproximadamente 90% da área do bioma - ainda possui 87,5% de seu território sob cobertura natural. 

“Esses dados mostram que os produtores rurais são responsáveis por essa imensa preservação. A produção agropecuária está presente na região há mais de 200 anos, com muita cultura, tradição e responsabilidade. A pecuária de corte, por exemplo, é a principal atividade econômica da região, alicerçada nas boas práticas agropecuárias para fomentar uma produção de carne sustentável e orgânica. No Pantanal, o homem, o boi, a fauna e flora têm convivido de forma sustentável durante esse tempo”, ressaltou Bertoni.

Representatividade – Marcelo Bertoni reforça que Sistema Famasul, por meio do Senar MS, e demais parceiros como Sindicatos Rurais, atuam diretamente junto aos produtores rurais pantaneiros, levando cursos, capacitações gratuitas e Assistência Técnica e Gerencial sobre as principais cadeias produtivas do estado, bem como prevenção e combate a incêndios nas áreas rurais, a exemplo do programa “Viva Pantanal”. 

“Também promovemos ações de Promoção Social, Formação Profissional Rural, saúde e de representatividade, por meio de 160 colegiados que abrangem temas técnicos e transversais, o que nos possibilita defender os interesses de nossos produtores pantaneiros junto à CNA e nos âmbitos legislativo e executivo”, diz Bertoni. 

Dia do Pantanal

No ano passado, foi sancionada pelo Governo Estadual a lei nº 5.518, criada pela Assembleia Legislativa, instituindo, no âmbito estadual, o Dia do Pantanal, a ser celebrado anualmente no dia 12 de novembro. A data já era comemorada nacionalmente desde 2008, por força de resolução do Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente).

Pela importância para o meio ambiente, é considerado Patrimônio Natural da Humanidade e Reserva da Biosfera pela Unesco. Já foram identificadas no bioma 3,5 mil espécies de plantas, 325 peixes, 53 anfíbios, 98 répteis, 656 aves e 159 mamíferos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Campo Grande - MS
Atualizado às 23h29 - Fonte: Climatempo
22°
Trovoada

Mín. ° Máx. °

22° Sensação
6 km/h Vento
100% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (30/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quarta (01/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Ele1 - Criar site de notícias