18/12/2018 às 18h00min - Atualizada em 18/12/2018 às 18h00min

Ator de Carlton, de Um Maluco no Pedaço, processa Epic por 'dança roubada' em Fortnite

msn.com

Uma das danças mais famosas da televisão internacional, os passos do personagem Carlton Banks de Um Maluco no Pedaço, está no meio de um processo judicial.

Nesta terça-feira (18), o site TMZ noticiou que o ator Alfonso Ribeiro, que interpretou o personagem durante de 1990 a 1996, entrou com um processo contra a Epic Games por copiar a famosa dança em Fortnite, assim como contra a 2K por fazer o mesmo em NBA 2K.

Nos documentos, Alfonso afirma que a Epic Games plagiou a dança ao lançar o gesto “Fresh” em Fortnite em janeiro deste ano. Segundo o processo, o ator está atualmente tentando adquirir os direitos autorais da dança.

David Hecht, advogado de Alfonso, afirmou ao TMZ que "é amplamente reconhecido que a imagem e propriedade intelectual de Ribeiro foram apropriadas pela Epic Games no videogame mais popular no mundo atualmente, Fortnite. A Epic ganhou lucros recorde com conteúdo que se compra no jogo, incluindo danças como ‘Fresh’. No entanto, não conseguiu compensar ou até pedir permissão de Ribeiro para o uso de sua semelhança e propriedade intelectual icônica”.

Esta não é a primeira vez que há uma discussão em torno das danças de Fortnite (ou até mesmo de outros jogos, como League of Legends e WoW). Em julho deste ano, o músico Chance the Rapper começou uma discussão sobre a apropriação de passos de dança - principalmente de artistas negros do hip-hop - pela Epic Games.

Para o cantor, a Epic deveria colocar as músicas de rap tocando durante as danças que fazem tanto sucesso dentro do jogo - inclusive porque algumas crianças acreditam que os passos são do próprio Fortnite, não de seus criadores.

“Mentes negras e criativas criaram e popularizaram essas danças, mas nunca receberam nada por isso. Imagine o dinheiro que as pessoas estão gastando nos Gestos (Emotes) sendo compartilhado com os artistas que criaram as danças”, escreveu.

Alguns dos artistas que tiveram seus passos colocados no jogo são 2 Milly (Milly Rock), BlocBoy JB (Shoot) e Snoop Dogg. O rapper 2 Milly, inclusive, foi o primeiro a entrar com um processo contra a Epic Games e a 2K.

O assunto levanta a questão de “é possível ter direito autoral sobre um passo de dança?”. Segundo a advogada Shanti Sadtler, consultada pelo Insider, o governo norte-americano não possibilita a aquisição de direito autoral de passos de dança, assim como não o faz com palavras e cores.

No entanto, fica claro que algo precisa ser feito e que a Epic Games deveria se manifestar de alguma forma a respeito da discussão, já que até agora ela apenas se recusou a responder sites como o Kotaku, o Insider e o TMZ.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual melhor candidato?

53.3%
29.0%
17.8%