Quarta, 28 de Julho de 2021
67998539514
Empreendedorismo Negócios

MS é o 7º em ranking do Banco Mundial que analisa ambiente de negócios no Brasil

Estudo "Doing Business Subnacional Brasil 2021" realizado com apoio do Sebrae identifica boas práticas para desburocratizar processos de gestão empresarial e empreendedorismo

16/06/2021 10h52
Por: Redação

Mato Grosso do Sul ocupa o 7º lugar no País no ranking Doing Business Subnacional Brasil 2021, lançado na terça-feira (15) com o objetivo de diagnosticar as melhores práticas em termos comerciais e contribuir para o aprimoramento do ambiente de negócios brasileiro.

O Doing Business é um estudo realizado pelo Banco Mundial, a pedido do Governo Federal, com apoio do Sebrae, da Confederação Nacional do Comércio (CNC) e da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). O levantamento comparou os parâmetros das 27 unidades da Federação e avaliou a complexidade e demora dos processos que os empresários enfrentam no país.

O estudo analisou o ambiente de negócios nas capitais brasileiras e no Distrito Federal, com base em cinco indicadores: abertura de empresas, obtenção de alvará, registro de propriedades, pagamentos de impostos e execução de contratos. Segundo o Banco Mundial, é mais desafiador abrir uma empresa, registrar uma propriedade, cumprir com as obrigações fiscais ou obter um alvará de construção na média dos estados brasileiros do que na maioria dos demais países da América Latina e Caribe e das economias de alta renda da OCDE.

Processos demorados e complexos são um grande desafio para os empreendedores, principalmente devido a níveis insuficientes de coordenação entre agências nacionais e locais. Além disso, o ambiente de negócios do Brasil apresenta forte variação em nível subnacional. Há exemplos de boas práticas em diferentes estados, de todos os níveis de renda, regiões e tamanhos.

Em Mato Grosso do Sul

No ranking, o estado também é o 1º da região Centro-Oeste. Em cada um dos cinco indicadores avaliados (abertura de empresas, obtenção de alvará, registro de propriedades, pagamentos de impostos e execução de contratos), foram analisadas três dimensões, como o número de procedimentos, custo e tempo.

Os destaques de Mato Grosso do Sul foram a 2ª colocação no indicador de obtenção de alvarás; a 6ª posição em registro de propriedades e 8ª em pagamentos de impostos. O estudo do Banco Mundial também coloca o estado em 17º na execução de contratos e 22º na abertura de empresas.

Na avaliação do titular da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) de MS e presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae/MS, Jaime Verruck, há necessidade de avanços e melhoras em Mato Grosso do Sul.

"Essa é uma informação fundamental para melhoria do processo. Na abertura de empresas, por exemplo, ainda temos procedimentos e etapas a serem cumpridas até atingirmos o nível de integração e de resposta que o estudo exige. Mas a 7ª colocação no ranking já é um indicador importante para o nosso Estado. Vamos agora analisar com os órgãos participantes as formas de melhorar esses serviços", comenta Verruck.

Para o diretor-superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça, o estudo é uma importante ferramenta para medir o ambiente de negócios, e a partir disso, propor soluções de melhorias, facilitando o caminho para quem deseja empreender. Ele também reforça que o Sebrae tem o compromisso com pautas que beneficiem os pequenos negócios.

"O Sebrae tem duas formas de atuação muito claras, que é a capacitação direta aos pequenos negócios aumentando a sua competitividade, e como um articulador dentro das políticas públicas, contribuindo para melhorar o ambiente de negócios e facilitar o caminho para quem deseja empreender. O estudo Doing Business traz aspectos positivos para Mato Grosso do Sul, mostrando os avanços que tivemos, e também mostra os desafios", declarou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias