10/02/2020 às 19h47min - Atualizada em 10/02/2020 às 19h47min

Empresas e profissionais irregulares estão na mira do Conselho de Administração de MS

Atuar sem registro profissional é crime. Empresas também precisam se registrar.

Redação
Reprodução
O ano começa com o departamento de Fiscalização e Registro do CRA-MS promovendo a orientação de 13 instituições empregadoras de cargos privativos da Administração, mais precisamente nas áreas tecnológicas. “É uma ação iniciada em 2019 e que seguirá o planejamento em 2020. Estamos ampliando nossos trabalhos para cumprir nossa função e a orientação dessas instituições quanto aos cargos e atividades dos profissionais tecnólogos possibilitará fomentar o mercado de trabalho”, afirma o diretor, administrador Alex Sandre Rodrigo Pereira Cazelli.

Na prática, o CRA-MS está orientando as instituições para o preenchimento dos cargos de acordo coma legislação da Administração, Lei 4.769 de 1965. No ofício encaminhado às instituições, cerca de 13 em Mato Grosso do Sul, o conselho faz a observação da lei, explica sobre os cargos e ainda disponibiliza a lista das áreas tecnológicas da Administração para que o empregador possa compreender melhor o tipo de mão de obra ele encontra disponível. Outras empresas devem receber a atuação do CRA.

“Junto com essa orientação da Fiscalização, os empregadores são orientados exigir o registro profissional dos tecnólogos, emitido pelo CRA-MS. Qualquer empresa ou instituição que desejar saber se um trabalhador é registro e habilitado para tal função na área da administração, podem entrar em contato com o conselho que vamos prontamente atender”, afirma Cazelli, destacando que só está apto e dentro da lei, os profissionais devidamente registrados no CRA-MS e em dia com suas obrigações, assim como define a legislação vigente no país.

Em todas as agendas, diretores do CRA-MS reforçam a importância do registro profissional e a fiscalização das áreas privativas. Em entrevista, Rodrigo Cazelli e o presidente Rogério Bezerra falaram dos campos de atuação do profissional de administração e como a Fiscalização está atuando


Força-tarefa em 2020

Para este ano, a Fiscalização do CRA-MS atuará em três frentes de trabalho, sendo na orientação dos empregadores, tanto público quanto privado, e na autuação do exercício ilegal da profissão, que são os casos de atividades profissionais exercidas por pessoas que não possuem habilitação junto ao conselho.

“Quando a fiscalização do CRA-MS atua, estamos promovendo a garantia das áreas privativas da administração e protegendo empresas e instituição de pessoas não habilitadas para desempenhar uma atividade com excelência”, finaliza o diretor Rodrigo Cazelli, que reforça a importância de empresas e instituições estarem em constante contato com o CRA-MS.

Serviço

Fale com a Fiscalização: (67) 3316-0300 na sede em Campo Grande, ou fiscalizacao@crams.org.br. O telefone da seccional Dourados é (67) 3423-3545. Para denunciar o exercício ilegal da profissão, basta comunicar o ocorrido pelo e-mail: denuncia@crams.org.br ou no link: http://crams.org.br/denuncia/. O CRA-MS garante o sigilo dos dados.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual prefeito seria melhor para a saúde?

54.8%
28.7%
16.5%