Segunda, 15 de Julho de 2024
6799997-8129
Geral Mato Grosso do Sul

Agems facilita viagem segura nas férias com fiscalização, tecnologia e informações ao passageiro

O mês de julho chegou e, por conta das férias escolares, muitas famílias programam viagens para esse período. Se o passeio vai ser feito de ônibus ...

11/07/2024 06h36
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul

O mês de julho chegou e, por conta das férias escolares, muitas famílias programam viagens para esse período. Se o passeio vai ser feito de ônibus entre cidades de Mato Grosso do Sul, é importante tomar uma série de cuidados para garantir uma viagem segura e aproveitar as ferramentas que a Agência Estadual de Regulação (Agems) disponibiliza.

A Agência alerta para a importância de utilizar o transporte legalizado, conferir a disponibilidade de horários, comprar o bilhete com tranquilidade e saber de seus direitos como usuário.

"O transporte intermunicipal mais seguro para viajar é aquele sujeito às rigorosas inspeções e manutenções, conduzido por motoristas habilitados e qualificados, e obedecendo os critérios determinados. E o passageiro pode contribuir para que a viagem saia com o conforto e a segurança que ele espera. Com informação, com os cuidados necessários", orienta a diretora de Transportes, Caroline Tomanquevez. "E em caso de qualquer problema, temos os nossos canais de Ouvidoria para tirar dúvidas, fazer denúncia ou reclamação".

Inovação

A inovação promovida pela Agems trouxe agora para a mão do passageiro o aplicativo MS Trip, que facilita o planejamento da viagem. A ferramenta reúne todos os operadores legalizados, e o usuário pode pesquisar horários, linhas e até mesmo acessar links para páginas de venda de bilhete de algumas empresas, quando esse serviço on line está disponível.

Com informação, planejamento e contando com a tecnologia, a viagem das férias fica mais prática e segura. Confira as principais dicas da Agems: 

  • BilheteSó adquira o bilhete em pontos oficiais de venda e somente com empresas cadastradas. A compra deve ser feita em pontos autorizados e em links oficiais. A emissão do Bilhete de Passagem Eletrônico é obrigatória e é um direito do passageiro ter em mãos esse
  • Segurança – Antes do veículo partir, afivele o cinto de segurança. Muitos passageiros não têm no transporte público o mesmo cuidado que têm nas viagens de automóvel. Mas o risco de ferimentos ou até de morte em acidente com vanse ônibus é o mesmo que nos carros de passeio
  • Todos sentadosApenas em viagens com característica urbana, que utilizam ônibus modelo urbano (como Ladário/Corumbá, Jardim/Guia Lopes da Laguna, ou Aquidauana/Anastácio) é permitido viajar passageiro em pé. Nas linhas com distância maior, todos devem estar sentados
  • Viagem em fretamento- Para viajar com uma empresa de fretamento turístico, o passageiro também conta com transportadores credenciados pela AGEMS. Nesse caso, não pode ser comprado bilhete avulso, porque o serviço é um pacote fechado para um grupo
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul

Fiscalização

O trabalho da Agems é permanente para verificar se transportadores legais estão cumprindo as normas e para coibir ação clandestina. Em épocas de maior movimentação, essa ação é fortalecida.

"Neste período de férias, as operações são intensificadas nas fiscalizações permanentes e nas ações volantes para garantir um transporte seguro aos nossos usuários", informa a coordenadora da Câmara Técnica de Fiscalização, Aline Melo.

Para informações, reclamações ou denúncias, o passageiro conta com os canais da Ouvidoria da Agems:

Gizele Oliveira, Comunicação Governo de MS
Foto: Arquivo

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias