Terça, 23 de Julho de 2024
6799997-8129
Geral Legislativo - MS

ALEMS recebe Fórum Nacional de Combate aos Impactos de Agrotóxicos

Representantes do Fórum Nacional de Combate aos Impactos de Agrotóxicos e Transgênico estarão na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEM...

24/05/2024 10h17 Atualizada há 2 meses
Por: Redação Fonte: Assembleia Legislativa - MS
Deputado Renato Câmara é presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e coordenador da Frente Parlamentar de Recursos Hídricos
Deputado Renato Câmara é presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e coordenador da Frente Parlamentar de Recursos Hídricos

Representantes do Fórum Nacional de Combate aos Impactos de Agrotóxicos e Transgênico estarão na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), na próxima segunda-feira (27), às 16h. Eles serão recebidos pelo deputado Renato Câmara (MDB), presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e coordenador da Frente Parlamentar de Recursos Hídricos.

Serão debatidos o uso de agrotóxicos, o cultivo de árvores transgênicas, prejuízos à fauna e flora e os danos preocupantes aos trabalhadores, pequenos agricultores, comunidades indígenas e tradicionais. Ainda serão abordadas alternativas sustentáveis para implementação de técnicas orgânicas, o incentivo à diversificação de cultivos e a proteção do meio ambiente.

Mato Grosso do Sul tem recebido empreendimentos dos setores de celulose e papel. A preocupação do Fórum Nacional refere-se à aplicação do produto glifosato nas plantações de eucalipto transgênico, o qual tem restrições para altas temperaturas e pode haver substâncias cancerígenas.

Já o uso intenso de agrotóxicos causa a degradação e a contaminação do solo, água, fauna e flora. Em relação à saúde, os ingredientes ativos presentes nos agrotóxicos podem ser responsáveis pela esterilidade masculina, distúrbios neurológicos, respiratórios, cardíacos, pulmonares, nos sistemas imunológico e na produção de hormônios, além de má formação fetal e desenvolvimento de câncer.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias