Terça, 23 de Julho de 2024
6799997-8129
Geral Mato Grosso do Sul

Hemosul orienta sobre hemofilia, com palestras e informações para pacientes

Para discutir a importância do diagnóstico precoce para a hemofilia, uma coagulopatia (doença hemorrágica decorrente da deficiência de um ou mais f...

22/04/2024 16h34 Atualizada há 3 meses
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul

Para discutir a importância do diagnóstico precoce para a hemofilia, uma coagulopatia (doença hemorrágica decorrente da deficiência de um ou mais fatores da coagulação), além de conscientizar e repassar informações sobre acompanhamento médico, a Rede Hemosul MS reuniu pacientes e familiares, em Campo Grande.

O evento realizado em parceria com a Associação de Pessoas com Hemofilia de Mato Grosso do Sul, na quarta-feira (17) - Dia Mundial da Hemofilia -, reuniu aproximadamente 40 pessoas, que também receberam dados sobre tratamentos e outros assuntos.

"Um tratamento multiprofissional para esse público, com vistas a melhorias constantes e acréscimo de mais disciplinas, oferece ao paciente um local de tratamento integrado que faz a diferença, trazendo qualidade de vida”, afirmou Marina Torres, coordenadora da Rede Hemosul MS.

Para auxiliar nas demandas dos pacientes - medicamentos, atendimento, tratamento, cirurgias, entre outras -, foi criada a Ouvidoria Nacional da  Associação Brasileira de Pessoas com Hemofilia. "Esse canal irá suprir uma necessidade da população de pessoas com hemofilia do Brasil, em busca de um diálogo contínuo. Com o intuito de evitar gargalos que comprometam a saúde da pessoa com hemofilia", afirmou a ouvidora Cristiane Costa.

Hemofilia

A hemofilia é um distúrbio da coagulação, normalmente uma condição que nasce com o indivíduo e que precisa ser compreendida pela sociedade em geral, e pelos profissionais de saúde da atenção básica e unidades de pronto atendimento, porque pode intensificar situações comuns, como uma queda de criança, caso seja uma pessoa com hemofilia pode significar algo grave, e até mesmo fatal.

Como o hemofílico não coagula o sangue da mesma forma que uma pessoa que não apresenta a coagulopatia, um corte, tombo, batida, pode significar hemorragias internas de difícil percepção inicial, o que faz com que o seu estado necessite ser considerado muito mais grave do que de uma pessoa comum.

Mayra Franceschi, Hemosul
Natalia Yahn, Comunicação Governo de MS
Fotos: Hemosul

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias