28/07/2019 às 11h29min - Atualizada em 08/08/2019 às 09h29min

Dharleng Campos vai trabalhar de ônibus e vê realidade da população

Vereadora conversou com usuários dentro e fora do ônibus

Redação
A Vereadora Dharleng Campos aceitou o desafio de um veículo de comunicação da Capital e fez seu trajeto para ir ao trabalho de ônibus no dia 16 de julho. A proposta teve a intenção de evidenciar as dificuldades enfrentadas rotineiramente pelos campo-grandenses usuários do transporte público.

A parlamentar saiu às 6h30 de sua residência, pegou o 326 – Taveirópolis/União, desceu na Rua 26 de Agosto, andou até a Avenida Fernando Corrêa da Costa e pegou o 051 – Bandeirantes/Shopping Campo Grande (A) até a Câmara Municipal.

Para a Vereadora, andar no transporte coletivo não é nenhum desafio, pois antes mesmo de ser parlamentar na Casa de Leis, a mesma percorria seus trajetos de ônibus. “Eu sempre andei de ônibus, ia estudar e trabalhar saindo da Coophavila II e indo até o centro da cidade, era 1h30 mais ou menos de viagem, entendo os problemas enfrentados e nosso papel como representantes do povo é cobrar por melhorias no transporte público”, afirma.

Em conversa com os passageiros, o que eles mais pedem é que aumentem o número de linhas e que passem no devido horário, pois muitos fazem integração para pegar outro ônibus e acabam perdendo por conta da impontualidade. De acordo com a parlamentar, a tarifa também é outro ponto que precisa ser analisado. “É um valor altíssimo cobrado dos trabalhadores”, diz.

Durante todo o trajeto de ônibus, a Vereadora foi muito bem tratada pelos passageiros. Demonstração de carinho e reconhecimento pelo seu trabalho foram alguns dos pontos citados. A dona Roseli, por exemplo, que é trabalhadora e produz salgados para vender no centro, presenteou a Vereadora com empadas como forma de agradecimento pela sua dedicação com a população.

Ao chegar na Casa de Leis, a Vereadora Dharleng Campos realizou uma transmissão ao vivo pelo Facebook mostrando sua opinião sobre a proposta feita pelo jornal e também perguntando a população qual a decisão que eles querem que ela tome com relação a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que está em análise sobre o transporte coletivo urbano. “Sabemos que existe uma possibilidade de se abrir uma CPI e eu quero ouvir a sua opinião, o que você acha, qual a decisão que você quer que a Vereadora tome nesse sentido? Você quer que eu assine? A voz de vocês é a minha voz. O nosso mandato é totalmente voltado para a população, todo o meu compromisso é com vocês”, ressalta.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual prefeito seria melhor para a saúde?

55.4%
27.7%
17.0%