Águas Guariroba forma time de embaixadores com lideranças comunitárias

O objetivo é também capacitá-los para que possam repassar conhecimentos

Por Assessoria 06/10/2017 - 10:02 hs
Foto: Assessoria
Águas Guariroba forma time de embaixadores com lideranças comunitárias
O objetivo é também capacitá-los para que possam repassar conhecimentos

Líderes de 14 regiões de Campo Grande agora fazem parte da primeira turma do time de embaixadores da Águas Guariroba. Como limpar a caixa d’água e os canos de casa? O que fazer quando se vê um vazamento? Essas e muitas outras questões foram esclarecidas em reunião. A ação faz parte do programa “Afluentes”, da Águas Guariroba, para ouvir a população e estreitar laços com a comunidade.

O objetivo é também capacitá-los para que possam repassar conhecimentos, esclarecendo à comunidade sobre saneamento básico, a importância da água e tratamento do esgoto e adesão à tarifa social. Outro fator importante é saberem detectar solicitações dos bairros, criando um canal de comunicação com a empresa. “Estamos propondo reuniões mensais com as lideranças”, afirmou o gerente de projetos sociais da Águas Guariroba William Carvalho.

Há 25 anos à frente da liderança do Bairro Santa Luzia, Elzio Moreira da Silva, trouxe demandas de moradores e aprovou a iniciativa: “Considero muito importante essas reuniões, me preocupo com várias questões, precisamos sim de mais comunicação. Não estamos aqui só para criticar, mas propor melhorias”.

Essa é a primeira turma de embaixadores e a intenção e formar um time cada vez maior. “Uma coisa que admiro nessas reuniões é a Águas nos dar informações que ajudam a economizar água, a descobrir e resolver problemas e nos dá oportunidade de falar”, comentou o líder do bairro Taquaral Bosque, Valentim Martins.

Para Marilce Oliveira, líder do bairro Nova Bahia e da região do Prosa, a demanda é nobre: “Estou acompanhando o programa de esgotamento, esperamos chegar na nossa região. Essa é a nossa luta”. De acordo com o programa Sanear Morena, todos os bairros de Campo Grande estarão com rede de esgoto em até 2025. Atualmente a cidade já conta com cerca de 81% de cobertura da rede de esgotamento.