Secretaria de Cultura de MS tenta explicar contratação "questionada"

Situação deixa toda a secretaria na saia justa.

Por Redação 11/05/2017 - 14:14 hs
Foto: Reprodução
Secretaria de Cultura de MS tenta explicar contratação
Secretário que era de empreendedorismo e agora ficou só cultura, Athayde Nery

Secretaria estadual emite nota para tentar explicar polêmica sobre contratação. Confira na íntegra!

***

O secretário de Estado de Cultura e Cidadania, Athayde Nery de Freitas Júnior, em resposta a reportagens veiculadas na imprensa sobre contratação de bandas musicais em convênio com a prefeitura de Deodápolis, manifesta seu contínuo e permanente compromisso com a cultura sul-mato-grossense e suas mais plurais e democráticas manifestações.

 Conforme esclarece o secretário, como ocorre em muitos outros pleitos, a celebração do convênio com o município de Deodápolis – que previa a contratação de duas atrações musicais regionais e uma nacional - deixa claro que a licitação dos grupos e escolha dos músicos parte sempre da administração municipal.

 Os convênios celebrados entre as prefeituras e a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Cultura e Cidadania, tem como objetivo oferecer acesso a população acesso pleno as artes. A única exigência é a participação de artistas que produzem cultura em nosso Estado.

 “Sendo este um ano especial de comemoração aos 40 anos do Estado, estamos estimulando todos os municípios a realizarem atos alusivos a essa importante data, enaltecendo nossa cultura e o orgulho sul-mato-grossense, orientando para que as contratações sigam o princípio da valorização da arte produzida em nossa terra”.